Destaques

RESENHA | Uma Mulher no Escuro, de Raphael Montes

Por Bárbara Herdy •
segunda-feira, 27 de maio de 2019


HEY, MATES! Tudo bem com vocês? Trago aqui em primeira mão as minhas impressões da pré venda do novo romance de Raphael Montes, Uma Mulher no Escuro.


TÍTULO: Uma Mulher no Escuro
AUTOR: Raphael Montes
EDITORA: Companhia das Letras
PÁGINAS: 226
ANO: 2019
COMPRE NA AMAZON: https://amzn.to/2K9lZDA 

SINOPSE:

UM CRIME BRUTAL COMETIDO HÁ VINTE ANOS, UMA ÚNICA
SOBREVIVENTE, O RETORNO CALCULADO DO ASSASSINO. EM
QUEM VICTORIA DEVE CONFIAR? NESTE THRILLER PSICOLÓGICO,
RAPHAEL MONTES UNE ROMANCE E SUSPENSE EM UMA
NARRATIVA INTRINCADA E SEDUTORA.


Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.
Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela?




ALERTA: O LIVRO CONTÉM ABUSO SEXUAL, VIOLÊNCIA E MENÇÃO À PEDOFILIA. 

Victoria é uma sobrevivente. Após perder sua família em um assassinato brutal, ela encontra na sua Tia-Avó Emilia a sua base e único suporte familiar. Longe de ser uma pessoa amarga, Bravo é uma jovem adulta triste, abandonada e levando a vida um dia de cada vez. Ela não se sente inclinada a desafiar-se a mudar a sua rotina de ir do trabalho para casa e às vezes ao psiquiatra, Dr, Max e visitar apartamentos para alugar com seu amigo, Arroz. Ela gosta da segurança e controle sob a sua vida pacata. 

Sua vida sofre uma reviravolta quando uma série de pequenas eventos a levam a sair do seu campo de conforto. Uma invasão ao seu apartamento despertam memórias do assassinato da sua família e levam Victoria a acreditar que não está segura.

Esse é o meu primeiro contato com um romance do autor Raphael Montes. A sinopse me atraiu de cara. Vocês sabem que eu amo um suspense e acreditei que seria uma boa forma de conhecer o trabalho do autor lendo um gênero que eu tenho uma afeição tremenda. 

É uma história instigante. Comecei a leitura no dia 20 e senti-me incapaz de abandonar a leitura até chegar no seu fim. De ontem para hoje, quando terminei, eu fui dormir pensando nos desenrolar da trama e me peguei devorando os últimos 10% finais de manhã e terminando a leitura com uma sensação de completude.

Victoria é uma personagem admirável. Ela não é uma desbravadora nem detentora de todas as respostas para os obstáculos no seu caminho. Muito pelo contrário, na maioria das vezes, ela não tem a menor ideia do que está acontecendo e nem do que deve fazer. Essa falta de controle é um ponto muito importante para a verossimilhança e também para desafiar a personagem em ir contra a sua natureza protetora e controladora. Há um desenvolvimento admirável através da trama e o seu final faz jus a mulher que se transforma e descobre em sua desventura. 

Dr Max, Arroz, Georges, o delegado e Emilia tem papéis pontuais na trama seja para tirar a protagonista da sua zona de conforto, levá-la a desafiar seu caráter e seus temores, ajudá-la em desvendar o mistério circundando a sua vida, apresentar-lhe uma nova faceta da vida e ser a sua base familiar. Sem a presença desses personagens, Victoria teria uma jornada um tanto longa para encaminhar-se para o desenlace de sua história.

O suspense está presente a todo momento na trama. Como disse não consegui largar a leitura e uma das razões é como Raphael consegue passear na história entregando o que é necessário para entendermos o que está acontecendo, supor o que está acontecendo e nos surpreender com o que está de fato rolando. Por mais que você comece a sacar o que está acontecendo na trama e dar rosto ao assassino quando há as revelações não rola um sentimento de decepção por ter errado ou acertado. Tudo faz sentido. Tudo tem um encaixe bem delineado e apresentado na trama. Há duas reviravoltas que para mim funcionaram para lá de bem - inclusive uma delas me deixou boquiaberta. Precisei continuar lendo para descobrir se a personagem estava mentindo em seu relato.

Para os fãs de suspense é uma história imperdível, rápida de ler com personagens cativantes e uma trama envolvente. Foi uma das grandes surpresas desse primeiro semestre. 


A ARC foi cedida pela Companhia das Letras pelo Net Galley e o romance será lançado nas livrarias e sites no dia 31 de maio de 2019 podendo adquirir em livro físico e e-book.
Um beijão da Bárbara Herdy. 

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade

iunique studio criativo

Instagram

© Hey, Mates! – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in