Destaques

THE CATEGORY IS... | Melhores Séries de 2018

Por Bárbara Herdy •
quinta-feira, 10 de janeiro de 2019


Hey, Mates!
Tudo bem com você?

Nesse último ano eu fui arrebatada por uma dezenas de séries. Eu poderia fazer uns três textos só para enaltecer as principais obras que chegaram em minha vida nesse último ano, mas vou aprender a ser uma senhora sucinta e vou destacar aqui as séries que me marcaram por algum motivo particular existente só naquela narrativa.

Lembrando que: não tem uma ordem para a lista. Vamos lá?
 


FEUD


Está aí uma série que me empolgou ao longo da sua produção, mas quando estreou, eu esqueci completamente da sua existência. Eu só assisti por conta de uma maratona na televisão e comecei a assistir do episódio cinco e entrei noite a dentro fascinada pela história de Bette Davies e Joan Crawford narradas por um roteiro que não menospreza os fatos marcantes de suas vidas e delineando alguns conflitos que ainda são tabus na atualidade. A atuação de Susan Sarandon e Jessica Lange é de arrepiar e é uma série que me deixou impactada por dias. 





ASSÉDIO
A minissérie relata as histórias das mulheres que denunciaram os estupros cometidos pelo conhecido como "Médico das Estrelas", que foi condenado em 2016, por estupro e manipulação genética.
É uma série muito difícil de digerir, de acompanhar. Ela é rude, direta, pesada, violenta. Ela mostra a realidade da mulher em nossa sociedade. Sua voz não é ouvida e quando é ela é questionada e duvidada até a última instância. É uma série impecável, ouso dizer que é uma das melhores produções brasileiras que consegue tratar do assunto com um roteiro e elenco de ponta.

                                   

SOB PRESSÃO

De longe uma das melhores sequencias de temporada. Sob Pressão se estabiliza como uma das melhores séries no ar atualmente em nossa televisão aberta. Tratando do cotidiano de um hospital público no Rio de Janeiro a ficção mescla com a realidade narrada todos os dias no jornal e em alguns momentos, é difícil saber o que foi roteirizado e o que nós ouvimos como notícia na televisão. Nessa temporada nós temos o desenvolvimento de um enredo envolvendo corrupção e a chegada da Fernanda Torres consegue elevar o nível do elenco. Eu sou apaixonada por esses personagens, esse elenco (Julio e Marjorie, eu amo vocês! Pablo e Bruno, quero mais dos personagens de vocês ♥). A terceira e quarta temporada estão garantidas!


A MALDIÇÃO DA RESIDÊNCIA HILL

Só Jesus sabe como essa série ferrou com o meu psicológico por dias. Maratonei em um, dois dias se não me engano e eu terminava um episódio mais arrasada, nervosa, estressada e apaixonada! Essa série mereceu cada hype imposto a ela. É espetacular.. Eu não esperava essa estréia nesse ano, nem quando fiquei sabendo me empolguei de cara. Quando os trailers surgiram, eu comecei a me animar, achei que seria algo distraível e por ter a Carla Gugino valia meu tempo, mas eu não esperava mesmo que fosse se tornar uma das minhas séries favoritas. O roteiro é no ponto, o elenco é aquele escolhido tão a dedo que você pensa que eles nasceram para conhecer e incorporar esses personagens. As histórias deles são envolventes, todos os personagens são carismáticos (até a Shirley!) e quando você termina, você percebe que não vai sentir falta da série, mas daquela família.
Foi nessa série que eu assisti um dos melhores episódios em uma série: o episódio 5!
Se quiser saber mais, assista o meu vídeo resenha aqui!

MENÇÃO HONROSA:


                           

DAREDEVIL


Eu nunca vou te perdoar Dona Disney e Dona Netflix por cancelar Daredevil depois da melhor temporada da série - quisá melhor temporada de uma série de herói.

                          


SHADES OF BLUE

A série terminou no momento certo: no seu auge e entregando ao seu público episódios de qualidade fechando todas as pontas e desenvolvendo os seus personagens para um fim. Foi uma despedida excelente. Uma pena, no entanto, perder uma das séries com uma das melhores protagonistas femininas em anos!

                            

THE WALKING DEAD


Olha quem retornou dos mortos! Sério, eu não planejei essa piada HORRÍVEL, mas é a verdade, galera. A série de zumbis da atualidade estava a sete palmos do chão e conseguiu retornar triunfalmente depois da morte de uma personagem. Quem diria que depois de matar uma cambada de personagens que não mereciam morrer justamente aquele que ninguém queria que morresse ia conseguir ressuscitar a série? Louco, né?

E aí, quais foram as suas séries favoritas de 2018?

Um beijão da Bárbara Herdy.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Publicidade

iunique studio criativo

Instagram

© Hey, Mates! – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in