' Ms Book Worm #16 | Jane Doe - Hey, Mates!

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Ms Book Worm #16 | Jane Doe



HEY, MATES! Tudo bem com vocês?

Hoje eu quero falar sobre um livro que me arrebatou de uma maneira que, até agora eu estou caçando um livro que fique a sua altura para disputar a posição de melhor leitura do meu ano. Está curioso para saber de que história eu estou falando, né? Vem ler a minha resenha aqui!


                                                           


TÍTULO: Jane Doe
AUTORA: Victoria Helen Stone
TRADUÇÃO: Sem editora no Brasil. 

EDITORA: Lake Union Publishing
PÁGINAS: 267
ANO: 2018
NÍVEL DO INGLÊS: Intermediário
SAIBA MAIShttps://www.goodreads.com/book/show/36531070-jane-doe?ac=1&from_search=true

COMPRE NA AMAZONhttps://amzn.to/2xonQMr 

SINOPSE: A double life with a single purpose: revenge.

Jane’s days at a Midwest insurance company are perfectly ordinary. She blends in well, unremarkably pretty in her floral-print dresses and extra efficient at her low-level job. She’s just the kind of woman middle manager Steven Hepsworth likes—meek, insecure, and willing to defer to a man. No one has any idea who Jane really is. Least of all Steven.

But plain Jane is hiding something. And Steven’s bringing out the worst in her.

Nothing can distract Jane from going straight for his heart: allowing herself to be seduced into Steven’s bed, to insinuate herself into his career and his family, and to expose all his dirty secrets. It’s time for Jane to dig out everything that matters to Steven. So she can take it all away.

Just as he did to her.


Jane trabalha em uma companhia de seguro em uma vida beeeem pacata e ordinária. Ela se mistura bem entre as pessoas e é bonita, mas sem atrair a atenção das pessoas usando seus vestidos fofos florais e sendo extra eficiente no seu trabalho. Ela é exatamente do jeitinho que Steven gosta em uma mulher, insegura e submissa ao seu homem. Ninguém sabe quem Jane é, Steven sabe menos ainda. Mas, a Jane pacata e comum esconde algo e Steven desperta o seu pior.

E essa é a premissa do livro ao qual eu fui sugada para dentro da narrativa com muita facilidade.

Vou jogar aqui um e outro spoiler sobre o desenvolver da trama, mas não mencionarei nada determinante para a história, ok?

Jane tem um plano para ferrar com a vida de Steven, pois ele matou a única pessoa a qual ela tinha uma ligação em sua vida: sua melhor amiga. Com isso, ela se transforma no tipo de mulher a qual ele é atraído, permitisse ser seduzida por ele e entra na família dele, tudo o que ela precisa para expor os segredos mais obscuros do rapaz.  


Eu tenho algumas coisas para falar sobre essa história.

Quando eu comecei a ler esse livro, eu queria ler algo diferente que conseguisse prender a minha atenção, logo após ler um chick lit. Eu resolvi dar uma chance a Jane Doe sem colocar expectativas e conferir a sinopse, só por garantia do que eu estaria lendo: E AH MEU DEUS DO CÉU QUE LIVRO FANTÁSTICO DE BOM!

Victoria, nós não somos amigas, mas por favorzinho, escreva uma sequência. Eu preciso acompanhar a Jane continuando os seus trabalhos.

Sem entregar muito sobre a trama, após ler a sinopse em inglês e o meu resumo dela ali em cima, saiba que o livro é TRÊS VEZES MELHOR do que exposto ali. Jane é incrível, intrigante, apavorante e carismática - o que é assustador diante das circunstâncias por trás da história. A sua jornada questiona a nossa moral, mesmo que acreditemos que o que ela está fazendo pela memória de sua amiga seja o certo. 

O livro tem pouquíssimos personagens, mas cada um deles tem uma importância fundamental na trama e para o desenvolvimento da protagonista. Alguns personagens são tão odiáveis que eu precisei me conter muitas vezes para não atirar meu kindle no outro lado da sala - eu estou olhando para você Steven!

Alias, a escrita de Victoria é deliciosa. Ela consegue captar a atenção do público com a visão diabolicamente sarcástica e inteligente de Jane. Os capítulos são curtos, o que permite uma leitura ágil e até provocante. Eu me encontrei em muitos momentos incapacitada de ficar longe do meu kindle.

Essa foi uma das minhas leituras favoritas desse ano - até agora. Nunca li nada igual. Na realidade, esse livro me despertou uma tremenda saudades da série Revenge e eu me dei conta de como eu queria ler uma história que abordasse uma trama similar a de Emily Thorne. Desejo realizado. 

Recomendo esse livro para os saudosistas da série Revenge e para quem ama um suspense psicológico com uma protagonista feminina do balacobaco. 

Um beijão! ♥

Eu recebi essa copia através da editora através do NetGalley.







Nenhum comentário:

Postar um comentário