' Ms Book Worm #15 | Roube como um Artista - Hey, Mates!

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Ms Book Worm #15 | Roube como um Artista




TÍTULO: Roube como um artista
AUTORA: Austin Kleon
TRADUTOR: Leonardo Villa-Forte
EDITORA: Editora Rocco
PÁGINAS: 160
ANO: 2013
SAIBA MAIS: https://www.goodreads.com/book/show/18164235-roube-como-um-artista?from_search=true

COMPRE NA AMAZONhttps://amzn.to/2Mi5J0b

SINOPSE: Verdadeiro manifesto ilustrado de como ser criativo na era digital, Roube como um artista, do designer e escritor Austin Kleon, ganhou a lista dos mais vendidos do The New York Times e figurou no ranking de 2012 da rede Amazon ao mostrar - com bom humor, ousadia e simplicidade - que não é preciso ser um gênio para ser criativo, basta ser autêntico. Baseado numa palestra feita pelo autor na Universidade do Estado de Nova York que em pouco tempo se viralizou na internet, Roube como um artista coloca os leitores em contato direto com seu lado criativo e artístico e é um verdadeiro manual para o sucesso no século XXI.

                                   


Comecei a leitura desse livro sem conferir a sinopse. Isso tem se transformado em um hábito para lá de prazeroso, pois tenho me surpreendido com algumas histórias verdadeiramente interessantes. Roube como um artista entrou na listinha desses livros.

É um livro pequeno com capítulos rápidos e ilustrados, o autor Austin Kleon aborda a criatividade na nossa atualidade e como um artista precisa se encontrar em um mundo imediato onde o novo nada mais é do que algo emprestado de uma outra pessoa, só que contado por você aqui. Ele também aborda meios de focar sua concentração quando a internet se torna a nossa inimiga, de valorizar o mundo externo e dá dicas de como aproveitar o tempo livre para explorar os seus sentimentos, através da criatividade.

Como escritora, a leitura desse livro me ajudou a colocar em perspectiva algumas questões sobre criação e originalidade, esse último um ponto muito destacado por Austin que, acredita que nós devemos roubar as ideias do seu artista favorito (daí o título do livro) para criar as nossas e ele cria um paralelo entre "roubar" e plagiar, como também aborda a necessidade de conhecermos a fundo as nossas inspirações artísticas para que, através delas nos conheçamos como pessoas e artistas, pois elas, muitas das vezes, falam muito sobre quem somos e nem nos damos conta disso. 


O livro é recheado de ilustrações que, eu queria ter impressas para colocar no meu bullet journal. O trabalho é impecável. Em formato físico, acredito que esteja incrível. Eu li em e-book e adorei, a leitura fluiu rapidinho, a fonte estava grande e as imagens ficaram bem posicionadas, sem cortar ou perder conteúdo. Eu só não dei um cinco redondinho porque em alguns momentos senti que o autor ia e vinha no mesmo tema (roubar para criar) quando a dica abordava outro âmbito da criatividade. Isso me incomodou, por eu odiar behaviorismo, mas isso não me levou a desgostar do livro. Só poderia ter sido um pouquinho mais redondo - na minha opinião.

Eu estou curiosa para ler Monte o seu trabalho, o outro livro de Austin sobre criatividade e produção.

Recomendo esse livro para quem tem a alma criativa e amou ler Grande Magia, de Elizabeth Gilbert.

Um beijão! ♥


Nenhum comentário:

Postar um comentário