' Ms Book Worm #8 | Grande Magia - Hey, Mates!

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Ms Book Worm #8 | Grande Magia


HEY, MATES!  
Tudo bem com vocês?
Vamos falar hoje sobre criatividade hoje por aqui



TÍTULO: Grande Magia
AUTORA: Elizabeth Gilbert
TRADUTORA: Renata Telles
EDITORA: Objetiva
PÁGINAS: 192
ANO: 2015

COMPRE NA AMAZON: https://amzn.to/2N3mbT7



SINOPSE: 
Ao compartilhar histórias da própria vida, de amigos e das pessoas que sempre a inspiraram, Elizabeth Gilbert reflete sobre o que significa vida criativa. Segundo ela, ser criativo não é apenas se dedicar profissional ou exclusivamente às artes: uma vida criativa é aquela motivada pela curiosidade. Uma vida sem medo, um ato de coragem.
A partir de uma perspectiva única, Grande Magia nos mostra como abraçar essa curiosidade e nos entregar àquilo que mais amamos. Escrever um livro, encontrar novas formas de lidar com as partes mais difíceis do trabalho, embarcar de vez em um sonho sempre adiado ou simplesmente acrescentar paixão à vida cotidiana. Com profunda empatia e generosidade, Elizabeth Gilbert oferece poderosos insights sobre a misteriosa natureza da inspiração.

Eu sou apaixonada por Elizabeth Gilbert e eu tenho um sentimento de divida com ela desde que li Comer Rezar Amar. De longe, ela é uma das minhas autoras favoritas e ela pode lançar um livro com a lista de supermercado dela em búlgaro e eu vou comprar para ler.

Então, quando ela lançou Grande Magia, eu fiquei desesperada para comprar o livro, o que não aconteceu por um tempo. Acabei me rendendo ao ebook e um tempinho depois, devorei o livro... em dois dias.

Elizabeth trata sobre a criatividade nesse livro em todos os âmbitos, além do da escrita, ao qual ela tem maior afinidade. Sua escrita adorna um tom que vou tratar aqui como amigável. Eu leio as páginas e sinto que eu estou tendo uma conversa com Liz, como se fossemos amigas. A cada capítulo ela aborda uma camada distinta envolvendo a criatividade aplicada em nossa vida e como nós devemos recebê-la e também, permiti-la partir.

                        

Como em Comer Rezar Amar, o seu livro mais conhecido pelo público brasileiro, em Grande Magia, Liz usa e abusa de experiências pessoais e histórias que escutou ao longo de sua vida, o que acaba nos servindo como lições. Muitas dessas lições eu já tinha ouvido por aí e tinha um embasamento raso, mas através da voz de Gilbert eu consegui alcançar uma nova compreensão e em algumas situações, como na história de sentir a ideia vindo e precisar escrevê-la antes dela partir, eu me arrepiei por inteiro, por ter vivido uma experiência similar. Eu não me senti sozinha.

Como autora, eu senti que estava tendo uma aula com Liz Gilbert sobre como aplicar a criatividade nos meus trabalhos, como ouvir ela chegando, quando saber que aquela ideia não me pertence e eu devo deixá-la partir, porque criatividade toca a todos nós, mas alguns sabem como recepcioná-la melhor do que outros, como também, algumas ideias não nos pertencem e passam um tempinho de férias em nossas vidas, nos alimentando com a sua presença, até encontrar o seu verdadeiro lar e partir. E a criatividade nada mais é do que a arte de permiti-se criar e Liz exemplifica isso.

Os capítulos são rápidos. Eu li pelo e-book, então imagine uma formiga atômica lendo cada capítulo? Era eu. A diagramação do ebook foi simplas com uma letra enorme ideal para a pessoa miope que yo soy! Eu amo essa capa com todas as minhas forças. Imprime muito bem a trama do livro.

Recomendo a todos os escritores em busca de ouvir a sua criatividade - e a todos aqueles que buscam despertar a sua criatividade seja através da arte ou da sua vida. 

Um beijão! ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário