Aleatoriedades e um café, por favor | Rainha da reclamação




Confesso: Eu sou a Rainha da Reclamação. Reclamo da falta de educação nas pessoas. Reclamo da falta de tempo. Reclamo em como as pessoas se incomodam com coisas tão pequenininhas e transformam essas coisas num gigante sem necessidade. Reclamo de pessoas ranzinzas. Reclamo de pessoas indecisas. Reclamo de gente que faz drama sem necessidade. Reclamo de injustiça. Reclamo do descaso. Reclamo de filme/série ruim. Reclamo de gente mentirosa e falsa. Reclamo de coisas caras em lojas que estão baratas na internet. Reclamo da minha preguiça. Reclamo, reclamo, reclamo mais um pouco... Para mim mesma. E sigo com a minha vida.

Mas, você já percebeu que cada vez tem mais e mais pessoas reclamando por aí? As pessoas reclamam tanto que reclamam de coisas que sequer os afeta diretamente, apenas pelo poder de ter assunto, de se distrair, de digitar algumas palavras numa rede social qualquer e ganhar alguns views. Reclamam para dramatizar e ganhar a atenção das pessoas (pior tipo de reclamação!). Reclamam por reclamar. É um baixo astral que nem a Xuxa conseguiria lutar contra!
E isso, de alguma forma, nos afeta. As vezes, você tenta abrir os olhos da pessoa, mostrando que aquilo ali até pode ser um problema, mas com jeitinho, tudo se resolve. Só precisa de um pouco de fé, equilíbrio e positividade. A pessoa não escuta. Acha que você não entende e vem com aquela máxima: 'Você não vivi minha vida para entender o que passo.' Não, eu não vivo. Eu vivo a minha vida e isso funciona para mim, porque você não tenta? Quem sabe funcione para você. Eu também tenho problemas. E eu continuo, mesmo com problemas. Eu continuo. Sempre. A negatividade na palavra do próximo nos atinge. Muitos não percebem como essa energia nos afeta constantemente. E eu corto isso. Corto essas ervas daninhas de minha vida. Posso estar errada? Posso. Mas como disse, isso funciona para mim.
Quando me dei conta que o que eu achava ser um 'problema' no meu cotidiano era apenas os meus olhos turvos pelo dia-a-dia, pelos outros (vocês não sabem como as pessoas podem nos afetar negativamente (e positivamente também), mates), pela ansiedade, pela depressão e pelo medo, minha vida se iluminou.
Porque perdemos tanto tempo lamentando não ter tempo para fazer o que desejamos, mas arrumamos tempo para reclamar de 'problemas'?
Então, nessa semana, deixo aqui a minha reclamação do bem. 
Menos BAIXO ASTRAL, PESSOAL! Menos reclamações infindáveis, amigos. Surgiu um empecilho? Reclame. Esbraveje. Você tem todo aquele instante para descarregar a sua frustração. Está no seu direito, mas não carregue isso em suas costas. Não carregue essa energia pesada. Não carregue a energia dos outros. Destrua-a. E Siga em frente.
Mais atitude. Mais equilíbrio. Mais conhecimento. Mais animação. Mais fé. Mais amor.
Uma boa semana para todos! 

Nenhum comentário:

Bárbara Herdy 2008 - 2014. Tecnologia do Blogger.