O Colar de Amaia (Os Caçadores #1) | O dom extraordinário de Bobbi McAvoy.


HEY, MATES! Tudo bem com vocês?
Faltam TRÊS DIAS para o lançamento de "O Colar de Amaia'' (Os Caçadores #1) e hoje, eu preparei uma pesquisa bem especial para vocês. Especial, pois nossa protagonista impetuosa e cheia de vivacidade, Bobbi McAvoy, tem alguns dons bem particulares que a torna uma exceção em nosso mundo. O que é, na maioria do tempo, um grande beneficio em sua vida, mas não vai demorar muito para a nossa Bobbi descobrir que seus dons extraordinários podem ser, na realidade, um enorme problema para a sua vida - literalmente!



A hipertimésia, também conhecida como síndrome da supermemória, ou ainda, síndrome da memória superior, trata-se de uma condição na qual o indivíduo apresenta uma altíssima memória biográfica.
A maioria das memórias de longo prazo fica armazenada no lobo frontal direito do cérebro. Contudo, indivíduos com a síndrome da super memória também utilizam, de forma inconsciente, o lobo frontal esquerdo e o lobo occipital, parte do sistema nervoso  central que habitualmente atua sobre a linguagem e que está relacionado ao armazenamento de imagens, respectivamente.

Até o momento foram contabilizadas aproximadamente 20 pessoas com esta condição no mundo todo. Bobbi é uma delas. Contudo, esta super memória costuma ser autobiográfica, não auxiliando seus portadores a se saírem melhor em atividades que exigem do intelecto, o que difere com Bobbi. Ela pode não ser considerada um gênio, mas é inegável, o seu dom lhe auxiliou em algum modo a ser boa com idiomas e recordar-se detalhadamente de fatos históricos, científicos, notícias, imagens, situações, lugares e até mesmo, rostos. Então, não se surpreenda se ela se lembrar detalhadamente da História de Joana D'arc ou de uma rua qualquer em Paris, na qual ela apenas cruzou para ir pegar o metrô das onze horas. Em compensação à super memória, estes pacientes podem apresentar ainda déficit de funções de organização, ansiedade e controle mental, recordando-se de eventos, sentimentos e situações, bem como tendências obsessivo-compulsivas.

No final do ano de 2012, foi divulgado na mídia o caso de um jovem inglês com 20 anos de idade, estudante de literatura, chamado Aurelien Hayman, que é capaz de lembrar detalhadamente tudo o que fez, o que usou e o que comeu nos últimos dez anos da sua vida, além de saber precisamente o que foi noticiado e como estava o tempo em cada um dos dias desse período. A história desse jovem tornou-se tema de documentário que irá ao ar na Grã-Bretanha.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hipertimesia
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/09/com-supermemoria-ingles-lembra-o-que-fez-comeu-e-usou-em-dez-anos.html

Nenhum comentário:

Bárbara Herdy 2008 - 2014. Tecnologia do Blogger.