Inspiration #23



Se existe uma ou duas coisas que entendo bem nessa vida, uma delas é Jane Austen. De todas as suas obras, 'Mansfield Park' é a mais triste, cruel, auto biográfica e, o mais próximo da dura realidade do século XVIII e infelizmente, não tão distante da nossa. Fanny Price era desvalorizada apenas por ter nascido em uma família inferior, e isso, como esperado, não diminuiu em nenhum momento seu caráter, inteligência simplória e esperteza. Em meio as doces histórias de Elizabeth Bennet e Emma Woodhouse, Fanny é, normalmente, deixada de lado, igualzinho acontecia na mansão de Mansfield Park, por apenas ter uma vida dura demais que os corações apaixonados não suportam vivenciar. Mas, jamais deveria ser esquecida. É como costumo dizer: Quando crescer eu quero ser Elizabeth Bennet, mas jamais esquecer a Fanny Price em meu coração.

Nenhum comentário:

Bárbara Herdy 2008 - 2014. Tecnologia do Blogger.