Sobre ... A Eleição.





De todos os artigos, vídeos e comentários, esse é o melhor texto sobre os presidenciáveis que, até o momento, eu li. Ele é curto, mas fala muito sobre ambos os lados e o futuro de nossa nação. Leia o artigo aqui!


Não falei sobre a política até agora, por um motivo: eu tenho livre arbítrio e falo do que quero, com quem quero, na hora que quero. Não gostou? Processa ou entra na fila. Não estou aqui dando indiretas, estou aqui falando com cada um de vocês.

Vamos parar com esse comportamento infantil de gritar e tentar manipular as pessoas com pensamentos como: ''O meu candidato é melhor, você tem que votar nele, você está errado em querer aquele, você é isso, faça o que digo, pois é o certo.'' Não estamos decidindo a copa do brasil e sim, quem será o nosso presidente por 4 anos! 
Não é questão de quem é melhor, mas de quem tem a capacidade para tal dever. Não estou aqui escolhendo lados. Não estou aqui declarando meu voto ao 13 ou ao 45, além do mais, a minha opinião a você é irrelevante, mas eu só peço isso: Guarde a sua para si. O voto é livre, meu caro amigo. Se fulano quer votar em x por causa de projeto x, por mais imbecil que você considere tal atitude, aceite e melhore. Todos que criticam tal pessoa por tal decisão se torna um ser pior por não dar o direito àquele individuo de ter uma opinião. Não estamos em uma ditadura. Até dado momento, pelo que eu saiba, estamos num país livre, onde podemos falar, escrever e pensar sobre aquilo que nos apetece e o voto é livre, logo ninguém é obrigado a votar em x por isso ou em y por aquilo. 

Os protestos de Junho de 2013 foi um marco na história brasileira (para quem esqueceu, começou em 1500), mesmo que alguns tenha utilizado para o vandalismo e caos, mas esses protestos tiveram uma coisa muito importante: o brasileiro mostrou não só a indignação com o governo de todo seu país, mas que tem uma voz e essa voz quer ser ouvida. Use a sua voz, Brasileiro. Não se conforme com uma notícia. Não aceite a opinião alheia sem antes ter a sua. Não aceite promessas de um lado ou de outro só por uma propaganda bonita. Busque em si o que você quer para o seu país, para a sua vida, para os seus familiares e amigos e pesquise sobre cada candidato. Estude-os. Leia sobre seus partidos. Sobre suas histórias. Sobre os antigos presidentes que governaram em seu país. Assista aos debates. Analise os projetos que funcionaram e os que não funcionaram. Pelo amor de Deus, estudem economia! Então, quando chegar o domingo aperte os dois números daquele/a que você acredita que pode fazer o nosso país continuar a crescer, não esquecendo que não existe homem que cresça sem ter a nação em seu sangue. Nunca te deram razão a isso? Tudo bem, mas valorize a sua pátria, como os Portugueses sempre se valorizaram (Camões entende do que estou falando!). Valorize o seu sangue e que no domingo, você tenha orgulho da sua decisão! Eu sei que eu terei da minha.

Uma ótima semana a todos e no domingo, uma ótima votação!  


10 comentários:

  1. Oi Barbara!Tudo bem?
    Nossa eu estou de saco cheio de eleição!É tanta coisa que me deixa enjoada.Sim temos que pesquisar sobre cada candidato,estudar seus projetos e assistir aos debates,mas sem exagerar,sem ficar toda hora postando algo no facebook ou se irritando com o outro porque fulano tem opiniões diferentes.
    MEU DEUS isso não é necessário \o/
    Adorei seu texto! Parabéns.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. O texto em si é ótimo, é bom algo tão instrutivo nessa época em que a eleição para presidente no nosso país se tornou viral e meme de internet, vergonhoso.
    Obrigada por compartilhar o texto.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  3. Ola Barbara é uma vergonha vemos no próprio face as propagandas um acusando o outro se torna uma baixaria, gente querendo influenciar as outras, . Afinal temos o livre arbítrio e no domingo cada um saberá a quem entregar seu voto. beijos

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto, flor! Eu penso o mesmo e exercito isso. Não entendo por que as pessoas precisam brigar por política, quando é óbvio que cada um está escolhendo o seu candidato por considerá-lo o melhor para o país. Se será ou não, só o tempo dirá. Mas o importante é que todos escolherão aquele que melhor os representa e o resto é história. Ponto. Não há por que brigar. Eu sequer menciono meu posicionamento político, seja no Facebook ou em qualquer rede social, porque – francamente – não cabe a mim influenciar o voto de ninguém e, também, a opinião alheia não me fará mudar de ideia. Por que me exibir na internet? Fomentar ânimos e destruir amizades com pessoas que, embora possuam tantas outras virtudes, às vezes são intolerantes quando o assunto é política? Há quem nunca será capaz de desvencilhar-se do outro e quererá impor sobre ele o peso da sua própria identidade. Aff…
    Beijos, flor!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bom?
    bela abordagem...
    sabe esse ano estou indignada com os debates,são somente trocas de farpas,projetos que é bom nada...
    Tipo como nosso pais vai ser representado sendo que nao existe respeito entre os candidatos?
    e outra a coisa e tao suja que daqui 4 anos os adversarios estao aliados,,vai entender rsrsrs
    bjsssss
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Barbara, tudo bem?
    Adorei ler sua opinião sobre as Eleições, você foi bem sincera e isso foi bem legal.
    Já estou de saco cheio das eleições, mas o pior mesmo é ter que fazer um trabalho de sociologia sobre Aécio e Dilma.
    Enfim, espero que o nosso representante não seja uma decepção.
    Abraço.

    Italo T.
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Bárbara!
    Tudo bem?

    Não concordo com você. A não ser na parte de que devemos ser conscientes na hora de fazer nossas escolhas.

    Bjs
    Silêncio Que Eu To Lendo

    ResponderExcluir
  8. Gostei e respeito sua opinião, espero que o povo esteja consciente
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Época de eleição me cansa e não é pelo fato de ter propaganda obrigatória, nem pelos santinhos que entopem minha caixinha do correio, me cansa ver as pessoas que se davam bem e que agora só faltam se bater porque votarão em candidatos diferentes.
    Tenho minha opinião formada a respeito do meu voto, mas não discuto a respeito disso!

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Barbara, tudo bem?

    Concordo com o fato de não levar outras pessoas pela cabeça fraca, mas acho que foi exatamente isso o que a Dilma fez.... JODHSUHDUASHUIDHSAD

    ResponderExcluir

Bárbara Herdy 2008 - 2014. Tecnologia do Blogger.